Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito constrói muro da separação na fronteira com a Faixa de Gaza

Palestinos protestam contra o fechamento da travessia de Rafah, entre Egito e sul da Faixa de Gaza, e contra o bloqueio israelense sobre o território, em Rafah, 24 de janeiro de 2019 [Said Khatib/AFP/Getty]

Em janeiro, o Exército do Egito deu início à construção de um novo muro de separação na fronteira com a Faixa de Gaza sitiada, supostamente para reforçar a segurança na Península do Sinai, conforme revelado pela imprensa israelense no início da semana.

Segundo a emissora de notícias israelense Channel TV7, a primeira fase das obras deste muro, iniciadas em 27 de janeiro, deverão cobrir dois quilômetros de extensão, a partir do assentamento de Kerem Shalom até a travessia da fronteira de Rafah.

O muro, localizado apenas a dez metros de distância de um muro construído anteriormente, em 2008, possui seis metros de altura a partir da superfície e é feito de concreto reforçado. Também possui cinco metros de profundidade abaixo da superfície do solo.

Nenhuma informação foi divulgada sobre a segunda fase das obras; a construção deverá começar sem qualquer anúncio ou cobertura de mídia.

Ahmed Abdel Khalek, major-general egípcio e responsável pelos assuntos palestinos, visitou Gaza em 10 de fevereiro acompanhado por uma delegação de segurança do Egito, a fim de realizar uma inspeção de campo ao longo da fronteira.

Em outubro de 2014, autoridades egípcias estabeleceram uma zona neutra de catorze quilômetros de extensão ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza. A iniciativa deslocou a força residentes egípcios do Sinai e destruiu suas casas.

A princípio, a zona neutra estabelecida pelo Egito abrangia 500 metros de largura, mas foi expandida em outubro de 2017 para 1.500 metros.

Categorias
ÁfricaEgitoNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments