Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Forças da ocupação israelense intensificam agressão contra palestinos

Resultado de bombardeio contra a Faixa de Gaza [foto de arquivo]

Forças da ocupação israelense intensificaram campanhas de agressão contra o povo palestino na Faixa de Gaza e Cisjordânia, resultando em diversos feridos, dezesseis civis presos – incluindo menores de idade –, fechamento do acesso a três aldeias e bombardeios contínuos sobre Gaza.

Na Cisjordânia ocupada, dois palestinos foram feridos após forças da ocupação israelense atingirem deliberadamente um veículo na aldeia de Husan, a oeste da cidade de Belém. Outros palestinos também foram feridos em Hebron (Al-Khalil) durante confrontos entre soldados israelenses e manifestantes no campo de Al-Arroub, ao norte da cidade.

Ainda na Cisjordânia, as forças da ocupação prenderam dezesseis palestinos desde a noite de ontem (10), incluindo rapazes menores de idade. Tais prisões foram acompanhadas de atos de sabotagem contra residências civis e bloqueio de recursos financeiros destinados a prisioneiros libertados, em Jerusalém. A campanha estendeu-se aos territórios ocupados de Jerusalém, Qalqilya, Hebron (Al-Khalil), Nablus, Belém e Tulkarem.

Dezenas de colonos também invadiram a área de Tarsala, perto da aldeia de Sanur, ao sul da cidade de Jenin, sob escolta de forças militares de Israel, entoando slogans racistas contra a população árabe local e realizando rituais talmúdicos.

Em contexto relacionado, as autoridades da ocupação bloquearam os acessos às aldeias e cidades de Deir Nidham, Deir Abu Mishal e Aboud, noroeste de Ramallah, ao instalar portões de ferro arbitrariamente. As forças israelenses também impuseram blocos de cimento na entrada da aldeia de Bazzariya, em Nablus.

Na Faixa de Gaza, aviões de guerra israelenses bombardearam, no início da manhã, localidades nas cidades de Khan Younis, ao sul do território palestino, e Deir Al-Balah, região central. Artilharia da ocupação também foi utilizada para atacar outro alvo civil próximo à Cidade de Gaza.

As autoridades palestinas declararam que os aviões de guerra da ocupação atingiram um local a noroeste da cidade de Khan Younis com dez foguetes militares, o que levou à total destruição da área, além de incêndios e danos a propriedades de cidadãos que residiam nas proximidades. Outros três foguetes atingiram uma localidade a oeste de Deir Al-Balah, causando danos e destruição nas propriedades adjacentes.

Além destas ofensivas, a artilharia da ocupação disparou três projéteis contra um local próximo ao Cemitério dos Mártires, a leste da Cidade de Gaza, que levou à destruição e danos graves a propriedades particulares e terras agrárias na região.

O exército da ocupação de Israel alega que os ataques em curso são resposta a disparos de foguetes de Gaza em direção a assentamentos israelenses perto da fronteira.

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments