Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel emite ordens de demolição para oito casas na Cisjordânia ocupada

Forças israelenses montam perímetro de segurança para que tratores da ocupação realizem trabalhos de demolição no distrito de Issawiya, em Jerusalém Oriental, 24 de dezembro de 2019 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Forças da ocupação israelense emitiram ordens de demolição a oito famílias palestinas no distrito de Hebron (Al-Khalil), no sul da Cisjordânia ocupada, nesta terça-feira (14).

Segundo fontes locais, Fuad Al-Amouri – coordenador do Comitê de Proteção e Resistência da região – afirmou que as residências são localizadas entre as aldeias de Carmel e Susiya, em Yatta, propriedades dos palestinos Annan Abd Rabbo, Muhammad Zain, Khalil Rubaei, Mahmoud Rubaei e Qasim Abu Tahfa.

Al-Amouri destacou os avisos de demolição foram emitidos em contexto de escalada dos ataques executados por soldados da ocupação e colonos locais contra residentes palestinos de Yatta, com o propósito de forçar os palestinos a deixarem suas casas.

Israel continua a destruir casas palestinas sistematicamente, em uma tentativa de dar espaço para a construção de assentamentos, considerados ilegais segundo a lei internacional. Os palestinos acusam Israel de exercer uma campanha agressiva para “judaizar” os territórios ocupados, apagar sua identidade islâmica e árabe e expulsar os habitantes palestinos.

642 palestinos foram deslocados pelas forças da ocupação israelense até 11 de novembro de 2019;

472 foram despejados de suas casas em 2018.

Fonte: UNOCHA

 

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestine
Show Comments
Show Comments