Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Chefe do Pentágono pede ao Iraque que interrompa ataques a bases de tropas dos EUA

Joseph Dunford, chefe geral do Estado-Maior dos EUA em Washington, EUA, em 28 de agosto de 2019 [Agência Yasin Öztürk/Anadolu]

Na segunda-feira, o secretário de defesa dos EUA, Mark Esper, pediu ao primeiro-ministro do Iraque, Adel Abdul-Mahdi, que imponha medidas para impedir ataques contra as bases que hospedam as forças americanas.

Na semana passada, um alto oficial militar dos EUA alertou que ataques de facções apoiadas pelo Irã em bases que abrigam as forças americanas no Iraque estavam empurrando todos os lados para uma escalada descontrolada.

Nas últimas semanas, ataques com foguetes atingiram bases iraquianas onde estão posicionados membros das forças da coalizão liderada pelos EUA, sem que ninguém se responsabilize pelos ataques.

“Precisamos da ajuda deles em termos de controle e estabilização da situação de segurança, mas também mantemos nosso direito de legítima defesa e o exerceremos”, informou Esper a repórteres.

Perguntado sobre quem ele acredita estar por trás dos recentes ataques com foguetes, Esper revelou: “Minha suspeita seria que o Irã esteja por trás desses ataques, como se eles estivessem por trás de muitos comportamentos malignos em toda a região, mas é difícil determinar”, disse Reuters. relatado.

Na segunda-feira, o escritório de Abdul Mahdi anunciou em comunicado que Esper havia instado o primeiro-ministro a tomar medidas para impedir o bombardeio das bases das forças americanas.

Segundo o comunicado, Abdul-Mahdi alertou Esper que: “As decisões unilaterais desencadearão reações negativas que dificultarão o controle da situação e ameaçarão a segurança, a soberania e a independência do Iraque”.

Categorias
Ásia & AméricasEUAIrãIraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments