Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia repudia tentativas de interferência externa em seus assuntos domésticos

Franco-argelinos exibem bandeira da Argélia em protesto contra o quinto mandato presidencial de Abdelaziz Bouteflika, em 10 de março de 2019 [Kiran Ridley/Getty Images]

Hassen Rabehi, Ministro das Comunicações da Argélia e porta-voz do governo, afirmou nesta terça-feira (26) que seu país repudia qualquer tentativa de interferência externa em seus assuntos domésticos e declarou um apelo para que todos os parceiros internacionais respeitem este princípio.

Os comentários do ministro argelino ocorrem após relatos indicarem que o Parlamento Europeu planeja realizar uma reunião para discutir a situação na Argélia.

“A União Europeia e todos os parceiros estrangeiros estão bastante cientes de que a Argélia adere ao princípio de não-interferência nos assuntos internos de outros países e que não aceitará qualquer intervenção em seus assuntos domésticos,” afirmou Rabehi.

O ministro acrescentou que as relações da Argélia com a União Europeia constituem um elemento estratégico fundamental que inclui todos os setores. Rabehi reiterou que o bloco europeu e o país africano mantêm-se atentos à natureza estratégica de suas relações e que não permitirão que esta seja prejudicada por parlamentares que menosprezam sua importância.

Categorias
ÁfricaArgéliaNotícia
Show Comments
Show Comments