Portuguese / English

Middle East Near You

Hamas aceita proposta dos EUA de trégua longa com troca de prisioneiros

Danos deixados por bombardeios de Israel a uma escola das Nações Unidas no campo de refugiados de Nuseirat, na Faixa de Gaza, em 6 de junho de 2024 [Ashraf Amra/Agência Anadolu]

A informação é da agência de notícias Associated Press, que cita um funcionário do Hamas e um funcionário egípcio como fontes. No estágio atual das negociações, o Hamas teria aprovado uma proposta apoiada pelos EUA para um acordo de trégua por fases em Gaza, mas sem a exigência de que Israel se comprometa antecipadamente com o fim completo da guerra.

O Hamas tem acusado Netanyahu de fugir das negociações e retirou a exigência que era tida como um entrave a um acordo.

De acordo com a noticia, também repercutida pela Al Jazeera, as duas autoridades, que falaram sob condição de anonimato, disseram à agência que o acordo incluirá um cessar-fogo “total e completo” de seis semanas, que prevê a libertação de vários reféns em troca de centenas de prisioneiros palestinos.

LEIA: Netanyahu diz que enviará delegação a Doha na próxima semana

Durante esses 42 dias, as forças israelenses também se retirariam de áreas densamente povoadas de Gaza e permitiriam o retorno de pessoas deslocadas para suas casas no norte de Gaza, à medida que a segunda fase do acordo fosse negociada, disseram as duas autoridades.

Caso os entendimentos avancem, esta poderá ser  a primeira pausa de longo prazo nos combates desde novembro do ano passado e preparar o terreno para novas conversas sobre o fim da guerra.

Netanyahu diz que enviará uma delegação ao Catar na próxima semana para as negociações.

Categorias
ÁfricaÁsia & AméricasCatarEgitoEstados UnidosIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Palestina: quatro mil anos de história
Show Comments