Portuguese / English

Middle East Near You

Turquia e Emirados discutem genocídio em Gaza na cúpula do G7

Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, conversa com seu homólogo emiradense, Mohamed bin Zayed al-Nahyan, durante a cúpula do G7, em Apúlia, na Itália, em 14 de junho de 2024 [Murat Kamaci/Agência Anadolu]

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, encontrou-se nesta sexta-feira (14) com seu homólogo emiradense, Mohamed bin Zayed al-Nahyan, como parte da cúpula dos líderes do G7 e países convidados realizada na Itália, confirmou a agência Anadolu.

Ambos discutiram relações bilaterais e questões globais e regionais.

Erdogan reafirmou a al-Nahyan — cujo país normalizou relações com Israel em 2020 — que o chamado mundo islâmico tem o dever de se opor, em uníssono, às “políticas genocidas” adotadas pelo Estado ocupante nos territórios palestinos.

Para Erdogan, um cessar-fogo imediato e permanente em Gaza e o fluxo humanitário deve ser prioridade na agenda internacional, segundo seu gabinete de imprensa.

LEIA: Israel responde aos pedidos de cessar-fogo com mais derramamento de sangue em Gaza, acusa Erdogan

Israel enfrenta condenação global devido a seus ataques indiscriminados a Gaza desde outubro, em desacato a mandados cautelares do Tribunal Internacional de Justiça (TIJ), em Haia, e resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Em Gaza, ao menos 37.300 palestinos foram mortos, sobretudo mulheres e crianças, além de 85.100 feridos e dois milhões de desabrigados.

As ações israelenses são punição coletiva, crime de guerra e genocídio.

Categorias
Emirados Árabes UnidosEuropa & RússiaIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaTIJTurquia
Show Comments
Palestina: quatro mil anos de história
Show Comments