Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbano falha pela 7ª vez em eleger novo presidente em meio a impasse político

1
Deputados participam da sessão no parlamento enquanto a assembleia recomenda que o governo de Mikati permaneça no posto em Beirute, Líbano em 03 de novembro de 2022. [Houssam Shbaro - Agência Anadolu]

Os legisladores libaneses, na quinta-feira, falharam pela sétima vez em eleger um novo presidente enquanto o país luta com uma crise política e econômica cada vez mais profunda, informou a agência de notícias Anadolu.

A sessão de votação contou com a presença de 110 legisladores do Parlamento de 128 membros.

Michel Moawad, candidato apoiado pelo partido das Forças Libanesas, obteve 42 votos, bem abaixo do número necessário para vencer o primeiro turno, enquanto 50 legisladores votaram em branco.

O orador, Nabih Berri, marcou a próxima sessão de votação para daqui a uma semana, em 1º de dezembro.

Um candidato precisa de dois terços dos votos (86 legisladores) no Parlamento de 128 membros para passar pela primeira fase, enquanto a maioria absoluta é necessária nas rodadas subsequentes.

LEIA: Líbano denuncia novas violações navais e aéreas de Israel

O ex-presidente, Michel Aoun, deixou o cargo em 31 de outubro, após completar um mandato de seis anos, sem que os legisladores concordassem com um sucessor.

Desde 2019, o Líbano enfrenta uma crise econômica incapacitante que, segundo o Banco Mundial, é uma das piores que o mundo já viu nos tempos modernos.

O país está sem um governo em pleno funcionamento desde maio, com o primeiro-ministro, Najib Mikati, e seu gabinete tendo poderes limitados em seu atual status provisório.

Categorias
LíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments