Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel mata mais um palestino em Nablus, na Cisjordânia ocupada

1
Cidadão palestino Salman Omran, capturado por Israel em Nablus, na Cisjordânia ocupada, em 5 de outubro de 2022 [Felesteen]

Forças da ocupação israelense mataram mais um cidadão palestino e prenderam outro durante uma nova invasão à aldeia de Deir al-Hatab, a leste da cidade de Nablus, na Cisjordânia ocupada. Soldados utilizaram munição real. Seis pessoas ficaram feridas, incluindo três jornalistas.

Omran Salman, de 37 anos, foi detido após duas horas de troca de tiros.

Alaa Zaghal, de 21 anos, foi morto com um tiro na cabeça. Conforme testemunhas, os soldados israelenses fuzilaram e atiraram granadas contra o edifício que abrigava Zaghal; um trator abriu caminho para que as forças militares se infiltrassem na estrutura.

O Crescente Vermelho da Palestina confirmou que suas equipes em Deir al-Hatab trataram seis palestinos feridos com munição real. Forças israelenses também dispararam gás lacrimogêneo contra uma ambulância.

Cercado, Omran enviou uma mensagem de voz a seus conterrâneos pedindo socorro. Omran condenou ainda a Autoridade Palestina (AP) por manter sua cooperação de segurança com Tel Aviv, em detrimento da resistência legítima do povo palestino.

O Hamas enalteceu a “resistência heroica” de Omran e lamentou a morte de Zaghal.

O movimento radicado em Gaza reforçou seu chamado à Autoridade Palestina para que “solte a mão da resistência e combata a reiterada agressão israelense contra os palestinos radicados em todo o território da Cisjordânia e de Jerusalém”.

LEIA: Israel e os EUA são cúmplices da ambiguidade e da impunidade

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments