Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Político da Indonésia visita assentamentos ilegais na Cisjordânia

Protesto em solidariedade aos palestinos de Gaza, em Debok, na província de Java Ocidental, Indonésia, 28 de maio de 2021 [Agoes Rudianto/Agência Anadolu]

Samuel Tabuni, candidato ao governo da província de Papua Ocidental, na Indonésia, chegou a Israel para visitar assentamentos ilegais na Cisjordânia ocupada, reportou o jornal em hebraico Israel Hayom.

Tabuni visitou assentamentos no norte da Cisjordânia e encontrou-se com Yossi Dagan, chefe do Conselho Regional de Shomron e membro do partido ultranacionalista Likud.

Segundo as informações, a visita pública pode anteceder relações entre Israel e Indonésia – o maior país islâmico do mundo. Ambos não possuem laços diplomáticos até então.

Dagan descreveu a visita como “golpe ao movimento de boicote internacional, aos hipócritas da Europa e à extrema-esquerda de Israel [sic]”. O ativista colonial alegou que Tel Aviv sente maior possibilidade de aproximação com Jacarta, apesar dos contatos serem conduzidos em segredo.

LEIA: EUA contrapõem pedido da Palestina para se tornar estado-membro da ONU

Segundo o Israel Hayom, o empresário Haim Berkowitz – que ajudou a organizar a viagem de Tabuni e sua agenda com colonos – afirmou que a liderança do país asiático está interessada sobretudo nas capacidades tecnológicas da ocupação israelense.

“No entanto, a Indonésia ainda impede oficialmente que pessoas com passaporte israelense entrem em seu território”, advertiu o empresário, apesar de manifestar otimismo.

Papua Ocidental tem maioria cristã. Tabuni lidera a maior comunidade tribal da região.

Categorias
Ásia & AméricasIndonésiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments