Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Gaza escreve na areia os nomes das 17 crianças mortas por Israel

‘Ocupação mata crianças’ foi o tema de um encontro organizado por ongs e organizações de direitos humanos na Faixa de Gaza, após os ataques israelenses do início de agosto
Palestinos escrevem na areia os nomes das 17 crianças mortas pela mais recente ofensiva de Israel, nas praias de Gaza, 17 de agosto de 2022 [Mohammed Asad/Monitor do Oriente Médio]

Os nomes das 17 crianças mortas pela mais recente ofensiva de Israel contra a Faixa de Gaza foram escritos na areia das praias do território sitiado, na tarde desta quarta-feira (17).

“Ocupação mata crianças” foi o tema de um encontro organizado por ongs e organizações de direitos humanos. Dezenas de crianças participaram do ato e exibiram fotografias das vítimas.

Os três dias de ataques israelenses contra Gaza – entre 5 e 7 de agosto – deixaram 49 mortos, incluindo 17 crianças, além de 360 feridos, reportou o Ministério da Saúde local.

Ao menos 18 unidades residenciais foram destruídas, 71 se tornaram inabitáveis e 1.675 foram danificadas pelos bombardeios israelenses, confirmou Naji Sarhan, subsecretário do Ministério de Habitação e Infraestrutura de Gaza.

Os ataques chegaram ao fim sob cessar-fogo mediado pelo Egito.

LEIA: Famílias de Gaza querem processar Israel pelo assassinato de suas crianças

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments