Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Petição para libertar Ahmad Manasra reúne meio milhão de assinaturas

O palestino Ahmed Manasra é visto durante sua audiência em Be'er Sheva, Israel, em 13 de abril de 2022 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Meio milhão de pessoas assinaram uma petição online para pressionar o governo da ocupação israelense a libertar o prisioneiro palestino Ahmad Manasra incondicionalmente. O prisioneiro de 20 anos está em custódia há sete anos, desde sua adolescência.

Manasra permanece em confinamento solitário há oito meses, no Centro de Detenção de Eshel, a despeito de seu diagnóstico de doenças físicas e mentais.

Diante da veemente pressão internacional por sua soltura, uma corte da ocupação em Be’er Sheva (Beersheba) adiou a audiência sobre o isolamento de Manasra. Conforme o advogado Khaled Zabarka, a decisão será debatida em 16 de agosto a pedido da promotoria. Enquanto isso, Manasra continua na solitária.

O Comitê Palestino para Saúde Mental pediu a profissionais do ramo em todos os continentes e pessoas solidárias que se juntem ao coro pela soltura de Manasra. O órgão contactou membros do Congresso dos Estados Unidos para exortá-los a pressionar Tel Aviv.

Um comitê especial em Israel decidiu recentemente referir o caso de Manasra à “legislação de terrorismo”, com intuito de dificultar seu acesso a liberdade condicional.

LEIA: A vergonhosa ‘Lista de Vergonha’ da ONU que iguala o perpetrador israelense e a vítima palestina

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments