Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Índice de doenças mentais entre israelenses ao redor de Gaza aumenta 25%

Médica israelense no Hospital Rambam, 16 de abril de 2020 [Ahmad Gharabli/AFP via Getty Images]

O índice de israelenses com problemas de saúde mental radicados ao redor da Faixa de Gaza aumentou 25% desde a ofensiva da ocupação sionista contra o território sitiado, em maio de 2021, reportou o jornal Al-Resalah, ao corroborar informações do Israel Hayom.

Conforme estimativas do Ministério da Saúde de Israel, ao menos 3.569 pessoas realizaram consultas em clínicas de saúde mental após a ofensiva de 2021, comparados a 2.831 no ano anterior. O número não inclui ainda aqueles que buscaram tratamento durante os ataques.

O aumento equivale a 25% em casos que demandam suporte e aconselhamento psicológico.

O ministério confirmou que é comum um surto de problemas psicológicos entre cidadãos israelenses após cada ofensiva travada contra Gaza.

LEIA: Para entender o singular colonialismo israelense

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments