Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ministro da Tunísia nega acusações de normalizar laços com Israel

Protesto em apoio ao povo palestino em Túnis, 11 de maio de 2021 [Yassine Gaidi/Agência Anadolu]

O Ministro de Assuntos Religiosos da Tunísia Ibrahim Echaib negou relatos de que seu governo busca normalizar relações com Israel, às vésperas da peregrinação anual judaica à Sinagoga de el-Ghriba, na ilha de Djerba, sudeste do país.

“Essas acusações são sobre ganhos políticos”, declarou Echaib. “A postura da Tunísia contra a normalização … é sólida e clara”.

A Tunísia vive um impasse político entre o governo do presidente Kais Saied, acusado de golpe de estado, e opositores políticos, que denunciam perseguição. O país norte-africano vive ainda uma persistente crise socioeconômica.

Echaib insistiu que tais acusações ferem a imagem da Tunísia e da ilha de Djerba.

LEIA: Mediação dos EUA pode abrir caminho para normalização saudi-israelense

Categorias
ÁfricaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments