Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel não precisa de aval dos EUA para construir assentamentos, afirma chanceler

Ministro de Relações Exteriores de Israel Yair Lapid durante coletiva de imprensa em 24 de abril de 2022 [Governo de Israel/Agência Anadolu]

O Ministro de Relações Exteriores de Israel Yair Lapid afirmou nesta terça-feira (10) que seu governo não precisa de autorização de Washington para construir assentamentos ilegais na Cisjordânia, segundo informações do jornal The Jerusalem Post.

“Israel é um estado soberano e não pede permissão para operar em seu próprio território”, alegou Lapid a repórteres durante visita ao Knesset (parlamento israelense).

O comentário de Lapid ocorre em meio a uma disputa diplomática entre os estados aliados, em torno de uma reunião do Alto Conselho de Planejamento de Israel na Cisjordânia, prevista para quinta-feira (12), a qual deve aprovar 3.988 novas unidades coloniais.

O governo estadunidense de Joe Biden pediu a Tel Aviv que não proceda, ao reafirmar sua oposição à expansão dos assentamentos. Para apaziguar os ânimos, Israel cortou do plano cerca de duas mil unidades, mas a medida não foi considerada suficiente por Washington.

Lapid insistiu que seu ministério “sempre atualiza os americanos”, mas isso não implica na necessidade de uma autorização.

Tom Nides, embaixador dos Estados Unidos em Israel, Antony Blinken, Secretário de Estado, e Ned Price, seu principal porta-voz, reiteraram o argumento que novos assentamentos lesam a prerrogativa de dois estados.

Questionado sobre tensões com Washington, Lapid alegou que a expansão colonial tem “consequências internacionais e é meu trabalho lidar com elas”.

LEIA: Assentamentos em Israel são crimes de guerra, diz especialista em direitos da ONU

Categorias
Estados UnidosIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments