Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

OMS: mais de 150 pessoas foram contaminadas com salmonela em chocolate

Infecção da cepa salmonela typhimurium monofásica em humanos foi identificada em dezembro e janeiro na fábrica da Ferrero Corporate [Unsplash/Tetiana Bykovets]

A Organização Mundial da Saúde, OMS, confirmou nesta quarta-feira que 151 pessoas foram infectadas pela bactéria salmonella typhimurium ao consumirem chocolates.

Em alerta de Genebra, a agência revela que ainda não houve casos fatais.

113 países

O surto está associado ao produto Kinder produzido na Bélgica e que foi distribuído em pelo menos 113 países.

Crianças abaixo de cinco anos são as mais afetadas.

Na segunda-feira,  a Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido confirmou 73 casos, o maior número em nível global.

Há suspeitas em mais 10 países: Bélgica, França,  Alemanha, Irlanda,  Luxemburgo, Holanda,  Noruega,  Espanha, Suécia e Estados Unidos.

No Reino Unido, as crianças tinham menos de 10 anos e 66% são meninas.

Alerta global

Dentre os sintomas está a diarreia hemorrágica.

Após um alerta global, em 10 de abril, houve um apelo para retirada do produto do mercado.

LEIA: Surto de sarna entre os deslocados no Iêmen, alerta Médicos Sem Fronteiras

O risco de propagação na Europa e no mundo é considerado moderado “até que haja informações disponíveis sobre a recolha total” dos chocolates.

A infecção da cepa salmonela typhimurium monofásica em humanos foi identificada em dezembro e janeiro na fábrica da Ferrero Corporate na área belga de Arlon.

Resistência

A variante é resistente a seis tipos de antibióticos: penicilinas, aminoglicosídeos fenicols, sulfonamidas, trimetoprim, tetraciclinas.

Os infectados desenvolvem a salmonela após contaminação pelos sorotipos da salmonela typhimurium e enteritidis.  A doença pode durar entre dois e sete dias.

Os sintomas que aparecem entre seis e 72 horas incluem febre aguda, dor abdominal, náuseas, vômitos e diarreia que pode ser hemorrágica como foi relatado na maioria dos casos no surto atual.

A doença surge após consumo de água contaminada ou alimentos de origem animal, principalmente ovos, carnes, aves e leite.

A transmissão de pessoa para pessoa também pode ocorrer por via fecal-oral.

Crianças e idosos

Os sintomas são relativamente leves e os pacientes se recuperam sem tratamento específico na maioria dos casos.

No entanto, em algumas crianças e pacientes idosos, a desidratação associada à doença pode se tornar grave e representar um risco de morte.

A OMS informa ainda que a salmonela ocorre com frequência em animais domésticos e silvestres, como aves, suínos e bovinos.

O agente infeccioso também pode ser encontrado em animais de estimação, incluindo gatos, cães, pássaros e répteis, como tartarugas.

Publicado originalmente em ONU News

Categorias
AlemanhaBélgicaEspanhaEstados UnidosEuropa & RússiaFrançaHolandaIrlandaLuxemburgoNoruegaNotíciaOMSONUOrganizações InternacionaisReino UnidoSuécia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments