Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

MEMO conversa com Nadia Ghulam

[arte Khawla Elaian ]

Aos oito anos de idade, a casa de Nadia Gulam foi atingida e totalmente destruída por uma bomba, que também desfigurou o seu rosto. Após perder o irmão e ver o agravamento do quadro de saúde mental de seu pai, a menina decidiu burlar as leis do Talibã para poder sustentar a família.

A guerra civil do Afeganistão, oficializada com a renúncia do presidente Mohammad Najibullah (1992), permitiu aos mujahidins  tomarem Cabul, enquanto outros grupos lutavam para controlar partes do país fragmentado e tomar o controle da capital. Foi nesse contexto, em 1993, que aquela bomba mudaria o curso de vida de Nadia Ghulam.

Sua história de luta e superação até tornar-se uma premiada promotora de ajuda humanitária para as crianças no Afeganistão será contada por ela própria nesta sexta-feira, às 16 horas, em MEMO conversa.

A entrevista a ser conduzida pelo jornalista Lucas Siqueira terá o tema “Pontes para a Paz”, nome da organização fundada por Nadia após os anos de adolescência em que precisou adotar o nome do irmão, a mudança para a Espanha, o tratamento cirúrgico e o início do ativismo humanitário.

A live será transmitida pelos canais do Monitor do Oriente Médio.

LEIA: A luta contra o terrorismo: Os Estados Unidos e os amigos Talibãs

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasEspanhaEuropa & RússiaMEMO conversa comNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments