Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Mate-se em silêncio – diz policial israelense à mulher que liga em busca de ajuda

Foto alusiva a pensamentos suicidas. [Marcelo Camargo/Agência Brasil]

A ligação de uma jovem a um serviço policial israelense em que pedia para ser internada devido a seus impulsos suicidas foi interrompida com sarcasmo por agente que ouvia o telefonema. “Deus ainda não levou você? vá em frente e mate-se em silêncio”, disse o agente enquanto outro a seu lado ria da situação.

O fato foi noticiado pelo canal de notícias israelense N12, uma vez que a mulher de 20 anos gravou o ocorrido. Ela pedia para ser levada a um centro de saúde mental e expunha a situação a uma telefonista quando o policial entrou na ligação.

De acordo com o N12, outras frases do policial foram: “Você é uma idiota que quer se matar, então se mate. Mate-se e não nos incomode sobre isso.”

O caso é de uma paciente que havia tido alta de internação psiquiátrica , mas estava com medo dos pensamentos suicidas, que continuavam. Ao ouvir o insulto do policial, ela começou a chorar, ouvindo em seguida que ficasse onde estava, que o socorro estaria “ indo te pegar, idiota”.

O N12 divulgou também dados de um relatório do Sindicato dos Assistentes Sociais sobre o aumento do comportamento suicida entre os jovens e adolescentes israelenses e outro das Forças de Defesa de Israel (FDI), dando conta de que o suicídio é a principal causa de morte entre os soldados. Segundo a polícia, o agente identificado na gravação do pedido de ajuda antissuicídio será demitido.

LEIA: Polícia israelense registra recorde de demissões em 2021

Categorias
Ásia & AméricasIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments