Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Polícia israelense registra recorde de demissões em 2021

Polícia israelense em Jerusalém ocupada, 13 de outubro de 2021 [Mostafa Alkharouf/Agência Anadolu]

Dados recentes revelaram que a polícia israelense registrou cerca de 600 pedidos de demissão em 2021, segundo reportagem do periódico em hebraico Globes. Trata-se de um novo recorde, quase o dobro do índice reportado no ano anterior.

As informações são do site de notícias Al Hodhod, especializado em assuntos israelenses.

Diversas razões são citadas para o recorde de exonerações. Alguns policiais alegam disparidade entre sua remuneração e sua carga horária, sem hora-extra ou bônus.

Comandantes da polícia também são denunciados por abuso de poder e por impor turnos cada vez maiores e mais pesados a seus subordinados, sem conceder folga suficiente.

Um dos policiais relatou que seu salário mensal jamais ultrapassou 9.600 shekels (US$3 mil), valor insuficiente para o custo de vida israelense. Segundo a fonte, um acordo salarial entre governo e chefes de polícia tornou seu trabalho temporário e, portanto, incerto.

Israel possui hoje 32 mil policiais em atividade.

LEIA: Colonos cortaram dezenas de oliveiras na Cisjordânia para expandir os assentamentos ilegais

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments