Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Emirados e Israel assinam acordo para desenvolver navios não tripulados

Participantes passam uma exibição de Sibat, diretoria do Ministério da Defesa de Israel, no 17º Dubai Air Show (DAS) em Dubai, Emirados Árabes Unidos, na segunda-feira, 15 de novembro de 2021 [Christopher Pike / Bloomberg via Getty Images]

No último dia do Dubai Air Show, os Emirados Árabes Unidos e empresas israelenses assinaram na quinta-feira um acordo para cooperar no desenvolvimento de navios de superfície não tripulados (USVs na sigla usual em inglês).

De acordo com o Jerusalem Post, as partes do negócio são a Israel Aerospace Industries (IAI) e a EDGE, uma empresa de tecnologia avançada dos Emirados.

O Jerusalem Post relatou que Faisal Al-Bannai, Diretor Executivo e CEO do Grupo EDGE, expressou: “É um marco importante para a EDGE forjar colaborações com os principais jogadores de defesa, como IAI, para fortalecer nosso portfólio de tecnologia avançada.”

Enquanto isso, o presidente e CEO do IAI, Boaz Levy, anunciou: “Estamos orgulhosos de dar as mãos à EDGE nesta empreitada, que é mais um passo em direção aos nossos esforços crescentes e parceria na região.”

O presidente da empresa israelense enfatizou: “A localização e a cooperação são centrais e críticas para o sucesso de nossa estratégia nos Emirados Árabes Unidos.”

Em relação aos detalhes do negócio, o jornal relatou que os USVs a serem desenvolvidos pelo IAI e EDGE seriam capazes de operar remotamente, semi autônoma ou completamente autônomo.

As empresas afirmaram que os USVs oferecerão “capacidades únicas em termos de modularidade, carga útil, alcance, capacidade de manobra e desempenho.”

LEIA: Israel, Jordânia e Emirados firmam enorme acordo de energia solar

Elas também divulgaram que os navios poderão ser usados ​​para inteligência, vigilância, reconhecimento, detecção e varredura de minas e como plataforma de implantação para certos tipos de aeronaves.

Os USVs têm ainda uso comercial, pois podem ser customizados para exploração de petróleo e gás, entre outras capacidades.

Os Emirados foram um dos vários estados árabes que assinaram acordos de normalização com Israel no ano passado.

O príncipe herdeiro Mohammed Bin Zayed explicou que decidiu fazer a paz com Israel para enviar uma mensagem clara de paz ao mundo.

“Ganhos de paz são muito maiores do que perdas”, ele compartilhou. “Os Emirados Árabes Unidos desejam uma paz maior que atenda ao interesse público.”

Categorias
Emirados Árabes UnidosIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments