Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ataque cibernético afeta postos de gasolina no Irã

'Khamenei! Onde está a gasolina?'

Um ataque cibernético prejudicou a venda de gasolina altamente subsidiada no Irã, nesta terça-feira (26), causando longas filas nos postos de combustível em todo o país.

“Os danos ao sistema de reabastecimento dos postos … nas últimas horas, foram causados por um ataque cibernético”, afirmou a televisão estatal, segundo a agência Reuters. “Peritos e técnicos estão solucionando o problema e o processo logo voltará ao normal”.

O incidente ocorre às vésperas do segundo aniversário de protestos massivos decorrentes de um aumento nos preços dos combustíveis, em 19 de novembro de 2019, nos quais centenas de pessoas foram mortas e presas pelas forças de segurança, segundo relatos.

O Ministério do Petróleo do Irã alegou que somente sistemas de cartões utilizados para obter preços subsidiados foram efetivamente afetados e que os consumidores podem efetuar outras formas de pagamento, embora a um custo maior.

Vídeos postados nas redes sociais mostraram placas eletrônicas supostamente hackeadas, com mensagens como “Khamenei, onde está a gasolina?”, em referência ao Supremo Líder Ali Khamenei. A Reuters não pôde verificar a autenticidade das imagens.

Ao longo deste ano, Israel. Estados Unidos e outros países ocidentais trocaram diversas acusações com o Irã sobre ataques cibernéticos contra serviços essenciais. Em julho, o website do Ministério dos Transportes foi derrubado, segundo a imprensa estatal.

LEIA: Irã impõe restrições ao monitoramento de instalações nucleares, diz a AIEA

Categorias
IrãNotíciaOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments