Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Presidente da Tunísia demite diretor-geral da empresa ferroviária

Equipes de resgate trabalham nos destroços após uma colisão de trem na Tunísia [Sofiene Hamdaoui/AFP via Getty Images]

O presidente da Tunísia, Kais Saied, demitiu o diretor-geral da Companhia Ferroviária Nacional (SNCFT), Belkacem Taya, na sexta-feira, devido a um acidente em que dois trens colidiram na capital, Túnis.

Na noite de quinta-feira, dois trens se chocaram nos subúrbios ao sul da capital, Túnis, ferindo 36 passageiros em diversos graus de gravidade, segundo a estatal.

Uma breve declaração da presidência tunisina afirmou, na noite de sexta-feira, que um novo gerente geral da SNCFT será nomeado após a formação do governo; nenhuma data ou detalhes específicos foram fornecidos.

Após o acidente, o diretor de comunicações da SNCFT, Hassan Miadi, disse à Agência Anadolu que os feridos foram levados ao hospital para tratamento.

A empresa expressou seu pesar pelo acidente em um comunicado, explicando que havia iniciado uma investigação para descobrir suas circunstâncias e causas e determinar que lado era responsável por isso.

De acordo com as estatísticas da empresa, a Tunísia registra cerca de 100 acidentes de trem anualmente, a maioria deles ocorre no cruzamento de ferrovias e rodovias.

LEIA: Decisões preliminares na Tunísia podem retirar 80 chapas que concorreram às eleições de 2019

Categorias
ÁfricaNotíciaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments