Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Erdogan diz esperar que nova Constituição da Turquia seja “mais democrática’

Presidente turco e líder do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AK) Recep Tayyip Erdogan preside a reunião do Conselho Executivo e de Decisão Central do Partido AK (MKYK) em Ancara, Turquia, em 5 de outubro de 2021. [Murat Kula - Agência Anadolu]
Presidente turco e líder do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AK) Recep Tayyip Erdogan preside a reunião do Conselho Executivo e de Decisão Central do Partido AK (MKYK) em Ancara, Turquia, em 5 de outubro de 2021. [Murat Kula - Agência Anadolu]

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que espera que a nova constituição que está sendo elaborada para o país seja mais democrática e pronta para o debate público em 2022, relata Anadolu.

O governante Partido da Justiça e Desenvolvimento (Partido AK) finalizará o trabalho na nova constituição, disse ele.

“Se formos capazes de nos conciliar com as propostas de constituição de outros partidos, podemos finalizar o trabalho para a primeira constituição civil da Turquia até o final do ano”, disse Erdogan.

O presidente passou a criticar o principal partido da oposição, o Partido Popular Republicano (CHP), por se comprometer a mudar os primeiros quatro artigos da constituição e por cooperar secretamente com o Partido Democrático Popular pró-PKK (HDP). De acordo com as leis turcas, os primeiros quatro artigos não podem ser alterados.

Em maio, o aliado do Partido AK, Devlet Bahceli, também redigiu uma nova constituição para o país que prevê uma reforma do judiciário.

O apelo de Erdogan por uma nova constituição ocorre quatro anos após a atual constituição ter sido emendada na sequência de um referendo em 2017, que concedeu maiores poderes executivos à presidência. No ano seguinte, Erdogan foi reeleito para um segundo mandato como Presidente da República.

Um fator primordial por trás dessa mudança foi a tentativa fracassada de golpe militar em 15 de junho de 2016, que levou a um estado de emergência que durou dois anos. A securitização posterior e os subsequentes poderes de amplo alcance do presidente foram criticados por muitos por serem contrários à tradição de neutralidade presidencial na Turquia.

LEIA: Turquia salvou milhões de vidas no norte da Síria, alega Erdogan

Categorias
Europa & RússiaNotíciaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments