Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia salvou milhões de vidas no norte da Síria, alega Erdogan

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan durante cerimônia de abertura do Ano Acadêmico 2021-2022, no Centro Cultural e Congresso Nacional de Bestepe, em Ancara, Turquia, 5 de outubro de 2021 [Ali Balikçi/Agência Anadolu]
Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan durante cerimônia de abertura do Ano Acadêmico 2021-2022, no Centro Cultural e Congresso Nacional de Bestepe, em Ancara, Turquia, 5 de outubro de 2021 [Ali Balikçi/Agência Anadolu]

A presença da Turquia na província de Idlib, norte da Síria, salvou milhões de civis e impediu mais deslocamentos, afirmou ontem (5) o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Erdogan insistiu que a comunidade internacional não pode permitir que a crise prossiga por outra década e destacou a necessidade de encontrar uma solução política baseada na Resolução 2254 do Conselho de Segurança da ONU, conforme as aspirações do povo sírio.

Durante entrevista a uma revista local, o presidente turco afirmou que a prioridade de seu país na Síria é combater o “terrorismo” e sanear a região de “organizações terroristas”.

A Turquia abriga mais de 3.6 milhões de refugiados sírios, que representam a vasta maioria dos quatro milhões de refugiados e requerentes de asilo radicados no país. Segundo o Banco Mundial, trata-se do maior anfitrião do mundo para os refugiados.

LEIA: Homem bêbado se junta à equipe em sua própria busca na Turquia

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOriente MédioSíriaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments