Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã tentou matar empresário israelense em Chipre, diz Bennett

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, fala durante a reunião de gabinete semanal no gabinete do primeiro-ministro em Jerusalém, em 5 de setembro de 2021 [Sebastian Scheiner/POOL/AFP via Getty Images]

O gabinete do primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, acusou ontem o Irã de tentar assassinar o bilionário israelense Teddy Sagi em Chipre na semana passada.

“Em relação a alguns dos relatórios da noite passada sobre o incidente em Chipre, gostaria de esclarecer, em nome do estabelecimento de segurança, que este foi um ato de terror orquestrado pelo Irã contra empresários israelenses que vivem em Chipre”, disse o porta-voz de Bennett, Matan Sidi, em um comunicado.

“Este não foi um incidente criminoso e o empresário Teddy Sagi não foi o alvo [específico] do ataque”, acrescentou. Sidi deu a entender que havia outros alvos além de Sagi, mas não deu detalhes.

O Irã negou as acusações israelenses.

“Este regime está sempre fazendo acusações infundadas contra a República Islâmica do Irã”, disse a embaixada da República Islâmica na capital cipriota, Nicósia, em um comunicado à Reuters.

Na semana passada, a polícia cipriota prendeu um azeri de 38 anos que havia chegado ao país usando um passaporte russo após cruzar o Chipre do norte ocupado pela Turquia.

Segundo relatos, o homem é suspeito de ter sido contratado para realizar uma série de ataques a alvos israelenses.

LEIA: Hamas condena insistência da AP em encontrar premiê de Israel

Categorias
ChipreIrãIsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments