Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito saúda escolha da primeira-ministra pelo presidente da Tunísia

A recém-nomeada primeira-ministra da Tunísia, Najla Bouden [NajlaBouden / Twitter]
A recém-nomeada primeira-ministra da Tunísia, Najla Bouden [NajlaBouden / Twitter]

O Ministério das Relações Exteriores do Egito divulgou mensagem saudando a designação de Najla Bouden Romdhane para formar um novo governo na Tunísia.

“O embaixador egípcio na Tunísia, Ahmed Hafez, valoriza muito a medida – tomada pelo presidente tunisiano Kais Saied – de nomear Bouden para nova primeira-ministra”, disse o ministério no Facebook. Ela está incumbida de formar um governo, após o desmonte das instituições democráticas pelo presidente.

Saied tomou para si o poder quase total do país em 25 de julho, quando demitiu o primeiro-ministro, suspendeu o parlamento e assumiu a autoridade executiva, alegando uma emergência nacional. Ele também aboliu artigos constitucionais e declarou que não se submeteria mais à Constituição que resultou da revolução de 2011 contra o ditador Ben Ali.

O ministério egípcio enfatizou seu apoio “à visão de Saied para alcançar estabilidade e segurança e preservar a vontade e as capacidades do povo tunisiano”.

O secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Aboul Gheit, também disse ontem “apoiar totalmente as conclusões e circunstâncias vividas por Saied, sob as quais foi obrigado a tomar medidas excepcionais”.

“Saied não é um golpista, ele é um reformador”, disse Aboul Gheit à Sky News.

LEIA: Muitos legisladores da Tunísia rejeitam as novas nomeações do presidente

Categorias
ÁfricaEgitoNotíciaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments