Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã rejeita pedido dos EUA de acesso de inspetores da ONU a local nuclear

Chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Mohammad Eslami, discursa durante a Conferência Geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), uma reunião anual de todos os estados membros da AIEA, na sede da agência em Viena, Áustria, em 20 de setembro de 2021 [Joe Klamar/AFP via Getty Images]

O Irã rejeitou na terça-feira um pedido dos EUA para conceder aos inspetores da ONU acesso a uma instalação nuclear, dizendo que Washington não estava qualificado para exigir inspeções sem condenar um ataque de sabotagem na instalação, informou a mídia estatal iraniana, conforme a Reuters.

“Os países que não condenaram atos terroristas contra a instalação nuclear do Irã não estão qualificados para comentar sobre as inspeções lá”, disse Mohammad Eslami, chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, durante uma visita a Moscou, segundo a agência de notícias estatal iraniana IRNA.

Os Estados Unidos disseram na segunda-feira que o Irã deve parar de negar ao órgão nuclear da ONU acesso a uma oficina de fabricação de peças para centrífugas, conforme acordado há duas semanas, ou enfrentará retaliação diplomática na reunião do Conselho de Governadores da agência.

A oficina do complexo TESA Karaj fabrica componentes para centrífugas, máquinas que enriquecem urânio, e foi atingida por uma aparente sabotagem em junho, na qual uma das quatro câmeras da Agência Internacional de Energia Atômica foi destruída. O Irã as removeu e não há gravações da câmera destruída.

LEIA: Irã acusa agência nuclear da ONU de ser ‘não profissional’ e ‘injusta’

Categorias
AIEAÁsia & AméricasEstados UnidosIrãNotíciaOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments