Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Crise do Iêmen deve ser pauta de viagem de representantes dos EUA à Arábia Saudita e Emirados

Conselheiro de Segurança Nacional, Jake Sullivan, em 24 de novembro de 2020 [CHANDAN KHANNA/AFP via Getty Images]

O conselheiro de Segurança Nacional do presidente americano Joe Biden, Jake Sullivan,  o coordenador do conselho para o Oriente Médio e Norte da África, Brett McGurk,  e o embaixador dos EUA no Iêmen, Tim Lenderking, viajaram para a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, conforme informação oficial do governo divulgada pelas agencias internacionais Reuters e Associated Press.

Sullivan manterá discussões com o Príncipe Herdeiro Mohammed Bin Salman sobre o Iêmen,  e deve encontrar-se também com o vice-ministro da Defesa Khalid Bin Salman, um irmão do príncipe herdeiro, disse ele, citado por fontes anônimas. A porta-voz do conselho, Emily Horne,  informou que Sullivan se encontrará “com líderes seniores em uma série de desafios regionais e globais”. Na semana seguinte, o conselheiro da Casa Branca visitará Israel e deve conversar sobre negociações do acordo nuclear iraniano.

LEIA: Israel quer cronograma para negociações sobre programa nuclear iraniano 

As Nações Unidas descreveram a situação no Iêmen dilacerado pela guerra como a maior crise humanitária do mundo. Sete anos de luta também mergulharam a nação em uma crise econômica, provocando a escassez de alimentos.

Os Estados Unidos e a Arábia Saudita, que lidera uma coalizão militar contra o grupo iemenita Houthi alinhado com o Irã no conflito do Iêmen, prometeram milhões de dólares a mais em ajuda adicional, assim como outros países.

Categorias
Arábia SauditaÁsia & AméricasEmirados Árabes UnidosEstados UnidosIêmenNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments