Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Apesar de proibição, 45 milhões de iranianos usam o Telegram

Nesta ilustração de foto, um aplicativo Telegram na IOS App Store, em 03 de maio de 2021, em Bargteheide, Alemanha [Katja Knupper/Die Fotowerft/Getty Images]
Nesta ilustração de foto, um aplicativo Telegram na IOS App Store, em 03 de maio de 2021, em Bargteheide, Alemanha [Katja Knupper/Die Fotowerft/Getty Images]

Dados oficiais mostram que 45 milhões de iranianos estão usando o aplicativo de mensagens Telegram, apesar de ser proibido pelas autoridades iranianas, relatou a Agência Anadolu.

O Centro de Estatística do Irã (SCI, na sigla em inglês) disse, neste domingo, que 65% dos iranianos com mais de 15 anos têm contas nas principais plataformas de mídia social, ultrapassando 55 milhões de uma população de 85 milhões do país.

Os iranianos enviam 15 bilhões de mensagens todos os dias através do aplicativo bloqueado do Telegram, 88,5 por cento usam o Whatsapp e 68 por cento usam o Instagram, disse o SCI.

De acordo com dados oficiais, o número de membros do Irã em aplicativos de mídia social aumentou 22 por cento nos últimos anos.

As autoridades iranianas bloquearam o uso do Facebook e do Twitter durante os protestos que eclodiram na província de Mashhad, no noroeste, em dezembro de 2017, devido às más condições econômicas do país.

LEIA: Dia da independência é marcado por atos a favor e contra governo de Bolsonaro

Categorias
IrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments