Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ennahda da Tunísia congela filiação de Imad al-Hamami

Rached Ghannouchi, líder do movimento Ennahda, em Túnis, Tunísia, 16 de dezembro de 2017 [Mohamed Mdalla/Agência Anadolu]

O movimento Ennahda, maior partido político da Tunísia, anunciou a suspensão da filiação do ex-Ministro do Trabalho Imad al-Hamami.

“Rached Ghannouchi, líder do partido, decidiu suspender a filiação de al-Hamami e encaminhá-lo ao comitê de ética sobre reiteradas violações de nossas políticas”, declarou o Ennahda em mensagem compartilhada no Facebook.

Segundo o comunicado, a medida está de acordo com “provisões da lei básica do partido”.

Al-Hamami é crítico contumaz das políticas de Ghannouchi — também presidente do parlamento tunisiano, agora suspenso — e demandou sua renúncia em diversas ocasiões.

LEIA: Partido tunisiano afirma não saber de suposta prisão de líder na Argélia

Categorias
ÁfricaNotíciaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments