Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

A empresa petrolífera argelina espera que a receita aumente US$ 13 bilhões em 2021

A Sonatrach, gigante estatal de energia da Argélia, na capital Argel, em 8 de fevereiro de 2015 [Farouk Batiche/AFP/Getty Images]

A empresa petrolífera argelina Sonatrach anunciou ontem que espera que suas receitas anuais aumentem US$ 13 bilhões, para US$ 33 bilhões este ano, em comparação com os US$ 20 bilhões do ano passado.

O diretor executivo, Toufik Hakkar, disse que “a receita da empresa no final do ano atingirá entre US$ 30 e 33 bilhões, dependendo do desenvolvimento do mercado petrolífero no restante do ano”.

As receitas previstas para este ano são equivalentes às receitas da empresa em 2019, antes do surto do coronavírus e seu impacto sobre a demanda e os preços.

O funcionário explicou que a empresa já alcançou uma receita de US$ 20 bilhões até 20 de agosto, o que é equivalente à sua receita em 2020.

A economia da Argélia sofre de uma dependência excessiva e crônica das receitas de hidrocarbonetos, que representam 93% da receita de divisas do país, de acordo com dados oficiais do governo.

O presidente argelino Abdelmadjid Tebboune anunciou anteriormente que o país pretende atingir entre US$ 4 e US$ 5 bilhões em exportações não petrolíferas este ano, para ir além de US$ 2,6 bilhões em 2020, como parte de um plano de recuperação econômica que ele prometeu após tomar posse em dezembro de 2019.

LEIA: Iraque e Kuwait formam comitê para resolver questões pendentes

Categorias
ÁfricaArgéliaKuwaitMarrocosNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments