Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Iraque e Kuwait formam comitê para resolver questões pendentes

O primeiro-ministro iraquiano, Mustafa Al-Kadhimi, em Ancara, Turquia, em 17 de dezembro de 2020 [Ali Balıkçı/Agência Anadolu]

O primeiro-ministro iraquiano, Mustafa Al-Kadhimi, anunciou ontem um acordo para formar um Comitê Político Supremo com o Kuwait que visa negociar e resolver questões pendentes entre os dois países, informou a Agência Anadolu. Uma declaração nesse sentido foi divulgada pelo escritório de Al-Kadhimi após conversas com seu homólogo kuwaitiano, o sheikh Sabah Al-Khalid Al-Hamad Al-Sabah, no Kuwait.

“Al-Kadhimi e Al-Sabah presidiram sessões entre suas respectivas delegações que discutiram maneiras de aumentar a cooperação na economia, na saúde, no comércio, no investimento, na energia, no transporte e em outros campos”, explicou. “Al Kadhimi afirmou a disposição do governo iraquiano em cooperar e trabalhar com o governo do Kuwait de uma maneira que personifique as relações históricas entre os dois países, em um espírito de respeito mútuo e o desejo sincero de estabelecer uma cooperação conjunta para fortalecer e desenvolver as relações.”

Embora não tenha fornecido detalhes, Al-Kadhimi disse aos jornalistas: “Enfatizamos a importância de respeitar as resoluções internacionais e trabalhar para superar as dificuldades e remover os medos, e concordamos em questões econômicas”. Não há disputas entre Kuwait e Iraque, ele insistiu. “Vim estabelecer uma relação baseada na parceria e devemos aprender com o passado. Nossos interesses comuns com o Kuwait são grandes, mas a burocracia em Bagdá pode ter atrasado o desenvolvimento e as relações entre os dois países.”

LEIA: Kuwait recebe arquivos do Iraque 30 anos após terem sido apreendidos

Dirigindo-se aos empresários, Al-Kadhimi acrescentou que as portas do Iraque estão abertas com leis que incentivam o investimento. Ele pareceu descartar as preocupações sobre a corrupção em seu país.

“Estou otimista quanto ao futuro, apesar da dor e da corrupção”, destacou. “Estamos trabalhando discretamente enquanto nos encaminhamos para as eleições [em outubro] que serão dignas de todos. Esperamos que todos com direito a voto o façam.”

O Iraque de Saddam Hussein invadiu o Kuwait em agosto de 1990. As forças iraquianas foram expulsas sete meses depois por uma coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra do Golfo. Bagdá e Kuwait retomaram as relações diplomáticas em 2003 após a derrubada do regime de Saddam Hussein. No entanto, várias questões permanecem sem solução, incluindo poços de petróleo conjuntos, a demarcação das fronteiras terrestres e marítimas e a questão de prisioneiros e pessoas desaparecidas desde a guerra.

Categorias
IraqueKuwaitNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments