Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Polônia planeja ‘estado de emergência’ contra fluxo de refugiados

Refugiados afegãos aguardam para atravessar a fronteira, em 28 de agosto de 2021 [Mazhar Chandio/Agência Anadolu]

O governo da Polônia solicitou ao presidente Andrzej Duda para introduzir um “estado de emergência” nas duas regiões de fronteira com Belarus para conter um pico de refugiados na região, confirmou nesta terça-feira (31) o premiê Mateusz Morawiecki.

As informações são da agência Reuters.

Segundo o primeiro-ministro, o estado de emergência deve durar 30 dias.

A Polônia — como a Lituânia — vivencia uma onda migratória há algumas semanas.

Varsóvia acusa o presidente bielorrusso Alexander Lukashenko de abrir as fronteiras para afegãos, iraquianos e outros, como suposta “guerra híbrida” para criar instabilidade nos limites orientais da União Europeia, reportou a rede Euronews.

A Polônia deu início à construção de uma grande cerca de arame farpado na região.

Segundo informações divulgadas ontem (30), forças polonesas prenderam 13 ativistas por “vandalizar” partes da cerca na fronteira com Belarus.

LEIA: Rússia pede que os EUA liberem ativos de bancos afegãos

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasEuropa & RússiaIraqueNotíciaOriente MédioPolônia
Show Comments
Show Comments