Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Omar Abu al-Nil: mais uma criança assassinada por soldados de Israel

Omar Abu al-Neil, de 13 anos, foi baleado pela ocupação israelense há uma semana, ao participar de protestos civis na cerca de Gaza

O garoto de 13 anos não resistiu aos ferimentos depois de ser baleado por um soldado israelense no sábado passado em Gaza. Abu al-Nil, foi gravemente ferido durante sua participação em uma marcha contra o cerco israelense a Gaza. De acordo com Almayadeen, a morte da criança vem poucos dias depois de a ocupação israelense ter disparado balas e bombas de gás lacrimogêneo contra manifestantes que protestavam pacificamente.

A Frente Popular para a Libertação da Palestina lamentou a morte de Abu al-Nil, condenando o silêncio das instituições internacionais e de direitos humanos em face da acumulação de crimes israelenses contra crianças. Por sua vez, o Movimento de Resistência Islâmica Hamas lamentou o assassinato da criança afirmando que o povo palestino não aceitará o bloqueio e a violência de Israel.

Além disso, as forças palestinas enfatizaram a importância da unidade e resistência do povo palestino em face da escalada de crimes da ocupação. Omar Hassan Abu al-Nil, é mais uma vítima não apenas de crimes israelenses, mas também do silêncio ensurdecedor da Comunidade Internacional sobre as infindáveis transgressões ilegais que o “estado” sionista do apartheid cometeu desde sua formação colonial em 1948.

LEIA: O exército israelense algum dia vai parar de matar palestinos?

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestinaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments