Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito espera aumento nas mortes por covid após três semanas

Profissional de saúde checa sangue de um paciente que recuperou-se do covid-19, no Centro Nacional de Transfusão no Cairo, Egito, 22 de julho de 2020 [KHALED DESOUKI/AFP via Getty Images]

Noha Assem, assessora sênior do Ministério da Saúde do Egito, afirmou que a taxa de mortalidade decorrente da nova onda de covid-19 deve provavelmente aumentar nas próximas três semanas, após ascensão significativa da curva de contágio.

Em declaração televisionada ontem (26), Assem observou que o aumento no número de casos implica no aumento no número de mortes, dentro de três semanas, e exige de todos os cidadãos que respeitem as medidas preventivas contra a doença.

Assem exortou o povo egípcio a registrar-se na campanha de imunização contra o coronavírus, ao enfatizar o aumento na capacidade de produção de vacinas no país.

LEIA: Prisioneiros são esquecidos pelo programa de vacinas obrigatórias do Egito

O plano nacional egípcio, insistiu Assem, pretende assegurar a maior taxa de vacinação possível antes do ano letivo e das quedas de temperatura.

Segundo dados oficiais, o Egito registrou 221 novas infecções e dez mortes nesta quinta-feira, alcançando o total de 287.159 casos e 16.701 óbitos.

Ainda ontem, a Ministra da Saúde Hala Zayed confirmou que 1.3 milhões de trabalhadores da administração pública e seus afiliados receberam doses da vacina.

Categorias
ÁfricaCoronavírusEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments