Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia prende 22 suspeitos de causar incêndios florestais

Voluntários tentam conter incêndio florestal nas colinas de Kabylie, a leste de Argel, capital da Argélia, 12 de agosto de 2021 [Ryad Kramdi/AFP via Getty Images]
Voluntários tentam conter incêndio florestal nas colinas de Kabylie, a leste de Argel, capital da Argélia, 12 de agosto de 2021 [Ryad Kramdi/AFP via Getty Images]

Autoridades argelinas prenderam 22 pessoas suspeitas de causar os incêndios florestais que assolam o país, reportou ontem (12) o presidente Abdelmadjid Tebboune.

As chamas deixaram 65 mortos até então.

Tebboune alegou que parte dos incêndios resultou do pico de calor na região mediterrânea, mas que a maioria decorreu de atos criminosos.

O governo anunciou o aluguel de helicópteros de bombeiros de países europeus, mas seu envio foi paralisado pois as aeronaves permanecem na Grécia e Turquia para extinguir o fogo que também propaga-se em suas faixas florestais.

Entretanto, dois aviões de combate a incêndios chegaram da Espanha ao território argelino nesta sexta-feira (13), reiterou o presidente.

LEIA: Ganância e consumo são o motivo pelo qual o mundo está queimando

Categorias
ÁfricaArgéliaEuropa & RússiaGréciaNotíciaOrganizações InternacionaisTurquiaUnião Europeia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments