Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Senadores republicanos dos EUA apoiam projeto de lei para rotular produtos de assentamento como ‘Made in Israel’

Um vendedor israelense serve uma degustação de Makhpela, uma mistura de Cabernet e Merlot feita por colonos judeus no assentamento de Kiryat Arba na Cisjordânia, na primeira exposição internacional de vinhos do país, em 13 de junho de 2006, em Tel Aviv, Israel [David Silverman/Getty Images ]
Um vendedor israelense serve uma degustação de Makhpela, uma mistura de Cabernet e Merlot feita por colonos judeus no assentamento de Kiryat Arba na Cisjordânia, na primeira exposição internacional de vinhos do país, em 13 de junho de 2006, em Tel Aviv, Israel [David Silverman/Getty Images ]

Vários senadores republicanos estão apoiando um projeto de lei que veria os produtos de assentamentos israelenses ilegais rotulados como “Made in Israel”, noticiou o jornal israelense The Jerusalem Post no sábado.

Uma das últimas ordens do ex-presidente dos EUA Donald Trump exigia que os produtos dos assentamentos israelenses fossem rotulados como “Made in Israel”.

Sete senadores do partido Republicano de Trump estão tentando transformar esta ordem em lei. O senador Tom Cotton apresentou a ação sob a Lei de Rotulagem AntiBDS.

O Jerusalem Post divulgou que o projeto não tem chance de ser aprovado devido ao domínio dos democratas sobre o Senado.

Isso veio na esteira da decisão da fabricante de sorvete americana Ben&Jerry de retirar seus produtos dos assentamentos israelenses.

LEIA: Comunidade Palestina no Chile não apóia nenhuma candidatura, mesmo com presidenciável de origem palestina

Categorias
Ásia & AméricasEUANotícia
Show Comments
Show Comments