Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Parlamentar tunisiano é preso por acusar o presidente de golpe de Estado

Forças de segurança da Tunísia protegem o Parlamento enquanto apoiadores e opositores se reúnem em frente ao prédio depois que o presidente tunisiano Kais Saied anunciou ter assumido plenamente a autoridade executiva, além de suspender o Parlamento em Tunis, Tunísia, em 26 de julho de 2021 [Nacer Talel/Agência Anadolu]
Forças de segurança da Tunísia protegem o Parlamento enquanto apoiadores e opositores se reúnem em frente ao prédio depois que o presidente tunisiano Kais Saied anunciou ter assumido plenamente a autoridade executiva, além de suspender o Parlamento em Tunis, Tunísia, em 26 de julho de 2021 [Nacer Talel/Agência Anadolu]

As forças de segurança tunisianas prenderam hoje o membro do parlamento, Yassin Ayarin, em sua casa, após ele ter criticado o presidente Kais Saied no Facebook e chamado a sua tomada de poder de “golpe de Estado”, afirmou sua esposa.

O parlamentar Ayari, que representa um pequeno partido, havia criticado Saied com frequência antes. No domingo, o presidente demitiu o primeiro-ministro, congelou o parlamento por um mês e disse que estava assumindo o poder executivo.

Saied recorreu ao artigo 80 da Constituição para assumir o controle total do governo e do judiciário, naquilo que muitos descrevem como um golpe de Estado apoiado pelos mesmos países do Golfo que apoiaram o golpe do Egito de 2013 contra o presidente democraticamente eleito Mohamed Morsi.

LEIA: Culpar o Ennahda pelos problemas da Tunísia é enganoso e não resolverá a crise

Categorias
ÁfricaNotíciaTunísia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments