Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Tóquio 2020: Brasil vence Arábia Saudita no futebol masculino e avança às quartas de final das Olimpíadas

Seleção brasileira de futebol masculino comemora vitória contra a Árabia Saudita nas Olimpíadas de Tóquio 2020, no Estádio de Saitama, Tóquio, em 28 de julho de 2021 [Lucas Figueiredo/CBF]
Seleção brasileira de futebol masculino comemora vitória contra a Árabia Saudita nas Olimpíadas de Tóquio 2020, no Estádio de Saitama, Tóquio, em 28 de julho de 2021 [Lucas Figueiredo/CBF]

No Estádio de Saitama, na manhã desta quarta-feira, a seleção brasileira masculina de futebol venceu a Arábia Saudita por 3 a 1, na terceira e última rodada da fase de grupos das Olimpíadas de Tóquio 2020. O atacante Matheus Cunha fez o primeiro gol da partida, os outros dois foram feitos por Richarlison, que lidera a artilharia da competição com cinco gols marcados.

“Fico muito feliz de estar marcando gols. Tenho que agradecer meus companheiros, porque eles estão fazendo um excelente trabalho. Por isso que a bola está chegando redonda lá na frente. Estou aproveitando as oportunidades. Agradecer a toda a equipe, que vem trabalhando duro”, comentou Richarlison, apelidado de Pombo, em uma entrevista após a partida, ainda no Estádio de Saitama. “Estamos crescendo durante a competição e agora é mata-mata. É errar o menos possível para que a gente possa sair vitorioso. É focar agora nas quartas de final. Vamos ver quem vamos pegar, para estudar o time deles e ir bem focado para o próximo jogo”, disse.

Com a vitória, o Brasil garantiu a liderança do Grupo D, com sete pontos e está classificado para às quartas de final, fase mata a mata. O próximo jogo será também em Saitama, no sábado (31), às 7h, contra Egito, que venceu a Austrália por 2 a 0, nesta quarta-feira, e conquistou a segunda posição do Grupo C.

LEIA: Boxeador olímpico do Marrocos é desqualificado após tentar morder a orelha do adversário

“Estamos crescendo durante a competição e agora é mata-mata. É errar o menos possível para que a gente possa sair vitorioso. É focar agora nas quartas de final. Vamos ver quem vamos pegar, para estudar o time deles e ir bem focado para o próximo jogo”, finalizou Richarlison.

Matheus Cunha abriu o placar no Estádio Saitama aos 13 minutos, seu primeiro gol nos Jogos Olímpicos de Tóquio, com uma cabeceada que aproveitou a cobrança de escanteio de Claudinho. O time árabe empatou o jogo aos 26 minutos, quando Al Amri marcou de cabeça após uma cobrança de falta.

“A gente quer o tempo inteiro estar melhorando. Fiz o meu primeiro gol hoje, mas tem outras oportunidades que a gente quer melhorar para que a gente faça cada mais. E que possa ajudar cada vez mais o grupo. Graças a Deus o pézinho do Pombo tá iluminado e a gente fica muito feliz de estar dando esse suporte para que a gente saia dos jogos vitoriosos e com a cabeça pronta para estar preparado mais do que nunca”, disse Matheus Cunha.

A equipe do técnico André Jardine estreou nas Olimpíadas com uma vitória sobre a Alemanha, por 4 a 2, e empatou a partida seguinte contra a Costa do Marfim em 0 a 0. Já a Árabia Saudita já entrou em campo nesta manhã desclassificada, após ter perdido os dois jogos anteriores.

LEIA: A fadinha que levou prata e encantou a madrugada brasileira

O Estádio do Saitama foi o palco onde a Seleção Brasileira derrotou a Turquia na Copa do Mundo de 2002, com gol de Ronaldo. “É incomparável, a gente imaginar se comparar com ele. Sem dúvida nenhuma, é muito gratificante”, comentou Matheus Cunha.

“Quando eu cheguei ao estádio em Yokohama, nos deparamos com as fotos dele (Ronaldo), dos gols contra a Alemanha. E é de arrepiar. O Ronaldo é nosso ídolo do futebol brasileiro e a gente tenta se inspirar ao máximo nele. É o que a gente vem fazendo e tomara que a gente continue fazendo esses gols aí”, disse Richarlison.

Categorias
Arábia SauditaÁsia & AméricasBrasilJapãoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments