Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líderes sunitas do Líbano endossam o magnata Mikati para formar novo governo

O ex-primeiro-ministro Najib Mikati em Davos, Suíça, em 25 de janeiro de 2013 [Fórum Econômico Mundial/Wikipedia]

Os líderes sunitas do Líbano, incluindo o ex-primeiro-ministro Saad Hariri, endossaram ontem um rico empresário e ex-primeiro-ministro, Najib Mikati, para formar o próximo governo, informou a mídia local.

As consultas parlamentares deverão ter lugar hoje.

De acordo com o sistema político do Líbano, o cargo deve ser ocupado por um muçulmano sunita, enquanto a presidência é ocupada por um cristão maronita.

O movimento xiita liderado pelo presidente do Parlamento Nabih Berri e o Movimento Amal também apoiaram Mikati com o Hezbollah esperado para seguir o exemplo, informou a Al Jazeera.

O Partido Socialista Progressivo de maioria drusa também anunciou que apoiaria Mikati.

No entanto, o Movimento Patriótico Livre Cristão fundado pelo Presidente Michel Aoun se opôs à nomeação de Mikati para o papel, dizendo que ele está muito perto de Hariri.

Por quase um ano, o Líbano tem sido governado por um governo interino depois que o gabinete do Primeiro Ministro Hassan Diab renunciou na sequência da explosão mortal do porto de Beirute em agosto de 2020.

Mikati foi primeiro-ministro do Líbano em 2005 e de 2011 a 2014.

LEIA: Governo libanês interromperá fornecimento de diesel à medida que piora a crise de combustível

Categorias
LíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments