Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Os cartazes que a Fox News não viu

Passagem de cobertura da Fox New exibe imagens borradas de cartazes carregados manifestantes em Cuba. [Foto reprodução]

A rede de televisão estadunidense Fox News divulgou sua cobertura das manifestações em Cuba, considerando os protestos que exibiam a bandeira dos Estados Unidos e apelos a Joe Biden como uma oportunidade para intervenção na ilha. No programa, o congressista Ted Cruz acusa uma “brutal repressão” aos protestos e diz que a ação dos Estados Unidos se justifica porque Cuba é uma ditadura. Em meio à imagens da agitação, a reportagem exibiu uma marcha de cubanos com cartazes em punho, mas foi possível notar que as inscrições haviam sido borradas de modo a não ser possível identificar o que pediam aqueles manifestantes.

LEIA: O bloqueio e a crise explodem na ilha. Contra quem e com que armas luta o povo cubano?

Neste ângulo da imagens transmitida pela FoxNews, é possível identificar os dizeres em espanhol ‘Las calles son de los revolucionarios’, frase usada pelos apoiadores da revolução cubana. [youtube]

Analisadas em ângulo de mínima nitidez dos dizeres, a maquiagem televisiva foi denunciada pelo site Cuba Debate, com uma foto de imagem transmitida pela Fox News e registrada pelo site da DW.

“FoxNews ofuscou alguns cartazes de apoio à Revolução Cubana durante uma entrevista com o congressista Ted Cruz, um dos maiores defensores da política linha-dura de Washington contra a ilha. A rede usou as imagens para mostrar uma suposta manifestação contra o governo cubano, quando na verdade as faixas foram utilizadas em uma manifestação de apoio ao presidente Díaz-Canel com a seguinte mensagem: As ruas são dos revolucionários”, aponta

Publicado originalmente em Ciranda

Categorias
América LatinaÁsia & AméricasCubaEstados UnidosNotícia
Show Comments
Show Comments