Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

América do Sul lidera infecções por coronavírus no mundo, diz El País.

Testes de covid são feitos no Mercado de Frutas La Vitória, no Peru. Em 13 de maio de 2020[Ministerio de Desarrollo Agrario y Riego (Midagri)/ Flickr]

A média sul-americana de 323 infecções diárias por milhão de pessoas está muito acima dos 40 casos na América do Norte, 59 na Europa ou 29 na Ásia. O jornal El País em português divulgou um levantamento que, no total, coloca a região de volta ao pior da pandemia.

A América do Sul apresenta uma curva epidêmica com um aumento relativamente constante desde o início de novembro de 2020. Quase todos os países da região se revezaram nessa situação em um momento ou outro, de acordo com a publicação..

Já o Uruguai, que se manteve protegido da covid-19 por quase um ano, veio mantendo um pico contínuo de casos no último trimestre. O vírus teria aproveitado a falta de imunidade por contágios prévios para se propagar rapidamente. O mesmo tem acontecido no Paraguai. Os dois países batem recordes de mortes por mihão.

LEIA: Número de mortes por covid-19 é 300% maior em cidadãos árabes de Israel, revela relatório

Argentina, Brasil e Colômbia nunca tinham visto níveis de incidência tão altos de casos detectados de coronavírus. O Chile, que vacinou metade de sua população, também enfrenta uma nova onda de mortes.

Peru foi o mais com mais registros de casos de mortalidade no mundo em 2020, voltou a registrar um pico semelhante em 2021.  A reportagem do El País  pode ser conferida na íntegra.

Categorias
América LatinaArgentinaÁsia & AméricasBrasilColômbiaCoronavírusNotíciaRegiãoUruguai
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments