Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ex-presidente da Mauritânia é preso enquanto caso de acusações de corrupção continua

Ould Abdel Aziz será colocado em um apartamento privado por duas semanas como parte das medidas de saúde contra o coronavírus, e depois será transferido para uma prisão.

O ex-presidente da Mauritânia Mohamed Ould Abdel Aziz foi detido depois que um juiz encarregado de uma investigação de corrupção ordenou sua prisão por não respeitar os termos de sua supervisão judicial.

Segundo o RT, o juiz ouviu os argumentos de Ould Abdel Aziz no Palácio da Justiça antes de decidir encaminhá-lo para a prisão.

Medidas de segurança rígidas foram impostas nas proximidades do Palácio da Justiça durante a audiência.

Ould Abdel Aziz será colocado em um apartamento privado por duas semanas como parte das medidas de saúde contra o coronavírus, e depois será transferido para uma prisão.

O ex-presidente deixou o cargo em meados de 2019; no entanto, um comitê parlamentar lançou uma investigação sobre seu envolvimento em casos de corrupção em meados de 2020.

Em março passado, o Ministério Público acusou Ould Abdel Aziz de corrupção, lavagem de dinheiro e enriquecimento sem causa.

LEIA: Sigilo judicial contra ex-Presidente da Mauritânia expõe caráter político, alega defesa

Categorias
ÁfricaMauritâniaNotíciaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments