Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Aeronave espiã dos EUA é abatida no Iêmen, alegam houthis

Brigadeiro-general Yahya Saree, porta-voz do exército iemenita houthi, em 14 de setembro de 2019 [AFP/Getty Images]

O movimento houthi abateu ontem (20) uma suposta aeronave espiã dos Estados Unidos na região central do Iêmen, reportou o brigadeiro-general Yahya Saree, porta-voz militar do grupo.

Saree declarou no Twitter: “Defesas aéreas abateram uma aeronave espiã dos Estados Unidos do tipo Scan Eagle, com um míssil superfície-ar, enquanto conduzia hostilidades nos céus de al-Mushajah, no distrito de Sarwah, na província de Marib.

Aeronave espiã dos EUA é abatida no Iêmen, alega porta-voz houthi

O comandante houthi afirmou ainda que a operação foi documentada pela imprensa militar e imagens do local e dos destroços serão compartilhadas no momento oportuno.

Previamente, a coalizão que intervém no Iêmen, liderada pela Arábia Saudita, anunciou interceptar e destruir uma série de drones carregados de explosivos, lançados de áreas houthis no último sábado (19), contra o território da monarquia.

O conflito no Iêmen deflagrou-se em 2014 e vivencia confrontos brutais entre rebeldes houthis — que controlam grande parte do país, incluindo a capital Sanaa — e forças do governo reconhecido internacionalmente, com apoio da coalizão árabe.

A guerra deixou dezenas de milhares de mortos e forçou 80% da população a recorrer à ajuda internacional para sobreviver. A situação no Iêmen é considerada a pior crise humanitária do mundo, segundo as Nações Unidas.

LEIA: Centenas protestam contra corrupção e carestia no Iêmen

Categorias
Arábia SauditaEstados UnidosIêmenMalásiaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments