Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Divergências substanciais persistem sobre acordo nuclear iraniano, reporta França

Usina nuclear de Natanz, 290 km ao sul de Teerã, Irã, 9 de abril de 2007 [Majid Saeedi/Getty Images]

Divergências substanciais persistem nas negociações para restaurar o acordo nuclear iraniano, assinado em 2015 e revogado pelo então Presidente dos Estados Unidos Donald Trump três anos depois, reportou ontem (16) o Ministério de Relações Exteriores da França.

Agnes von der Muhll, porta-voz da chancelaria francesa, afirmou a repórteres em Viena que o diálogo alcançou “os tópicos mais difíceis e divergências substanciais persistem”.

“Isso pressupõe decisões de coragem, que terão de ser tomadas rapidamente, pois todos compartilhamos a percepção de que o tempo não está ao nosso lado”, afirmou von der Muhll, segundo informações da agência Reuters.

Rafael Grossi, diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), advertiu recentemente que as negociações teriam de aguardar a formação do novo governo iraniano, após as eleições presidenciais desta sexta-feira (18).

“Todos sabemos disso nesta altura do processo, será necessário esperar o novo governo”, enfatizou Grossi.

LEIA: Único candidato reformista desiste da campanha presidencial no Irã

Categorias
AIEAEuropa & RússiaFrançaIrãNotíciaOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments