Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ex-parlamentar iraniano pede explicações por ser barrado de concorrer à presidência

Ali Larijani, ex-presidente do Parlamento do Irã, em Teerã, 15 de maio de 2021 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]
Ali Larijani, ex-presidente do Parlamento do Irã, em Teerã, 15 de maio de 2021 [Fatemeh Bahrami/Agência Anadolu]

Ali Larijani, ex-presidente do Parlamento do Irã, exigiu neste sábado (12) uma explicação formal do órgão eleitoral do país sobre a desqualificação de sua candidatura para o pleito presidencial, na próxima sexta-feira (18), reportou a Reuters.

Em maio, o Conselho Guardião — órgão rigoroso do regime que avalia os postulantes à presidência — aprovou apenas sete candidatos e indeferiu diversos nomes, incluindo Larijani e o ex-presidente Mahmoud Ahmadinejad.

“Exorto o estimado Conselho Guardião … a conceder formal e publicamente, de modo transparente, todas as razões por trás de minha desqualificação”, declarou Larijani no Twitter, horas antes do último debate presidencial.

A princípio, Larijani — descrito como conservador moderado — acatou a determinação da entidade. “Cumpri meu dever perante Deus e minha nação”, comentou na ocasião.

LEIA: Rouhani elogia as relações do Irã com a Rússia e expressa otimismo quanto à suspensão das sanções

O perfil dos candidatos barrados aumentou as chances de vitória do ultraconservador Ebrahim Raisi, chefe do judiciário iraniano e aliado próximo do Supremo Líder Ali Khamenei.

Contudo, uma reviravolta não está descartada à medida que a população mostra-se indignada com a crise econômica no país, agravada pelas sanções dos Estados Unidos.

Entre os candidatos aprovados, estão o conservador Saeed Jalili, ex-chefe de negociação do acordo nuclear; o frequente concorrente Mohsen Rezaei, ex-comandante da Guarda Revolucionária; e o moderado Abdolnaser Hemmati, atual chefe do Banco Central.

Categorias
IrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments