Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia descobre mais 135 bilhões de metros cúbicos de gás natural no Mar Negro

O terceiro navio de perfuração da Turquia, Kanuni, passa pelo Estreito de Bósforo de Istambul ao zarpar para o Mar Negro, em Istambul, Turquia, em 13 de novembro de 2020 [Celal Güneş/Agência Anadolu]

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan anunciou a descoberta de 135 bilhões de metros cúbicos de gás natural no sul do Mar Negro, somando-se às descobertas anteriores do ano passado.

Falando em uma cerimônia de abertura na província do Mar Negro de Zonguldak na sexta-feira, Erdogan revelou que “Nosso navio de perfuração Fatih fez uma descoberta de 135 bilhões de metros cúbicos de gás natural na perfuração Amasra-1 no campo de gás Sakarya”.

Ele acrescentou: “Nossas novas operações de perfuração… continuam, se Deus quiser, esperamos novas boas notícias nesta região”.

O anúncio do presidente vem depois que ele revelou em agosto passado a descoberta de 320 bilhões de metros cúbicos maciços de gás natural na área de Tuna-1, seguida pela descoberta de outros 85 bilhões de metros cúbicos em outubro.

Com esta descoberta recente somada aos 405 bilhões de metros cúbicos existentes, o total de gás natural agora encontrado pela Turquia totaliza 540 bilhões de metros cúbicos.

LEIA: Rússia retoma fornecimento de gás para a Turquia

Segundo o Ministro da Energia Fatih Donmez, Ankara planeja permitir que o campo Sakarya atinja o status de produção plena após um programa de desenvolvimento em quatro fases. Segundo informações, o gás será bombeado do campo para a rede principal da Turquia em 2023, com uma produção sustentada de platô a partir de 2027 ou 2028.

Para que tais planos funcionem, um gasoduto de pelo menos 160 quilômetros precisará ser construído para conectar a rede principal com novos poços na região, e uma estação receptora também precisará ser construída dentro de dois anos.

Erdogan e seu governo esperam que as descobertas das reservas de gás natural ajudem a aliviar os males econômicos da nação e permitam que ela seja menos dependente das importações de gás de estados estrangeiros como a Rússia e o Irã.

 Turquia pretende se livrar dos grilhões impostos pelas importações de energia graças ao gás natural encontrado no Mar Negro - Charge [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Turquia pretende se livrar dos grilhões impostos pelas importações de energia graças ao gás natural encontrado no Mar Negro – Charge [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
Europa & RússiaNotíciaTurquia
Show Comments
Show Comments