Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

US$150 bi foram expropriados do Iraque desde 2003, afirma presidente

Presidente do Iraque Barham Salih durante coletiva de imprensa em Bagdá, 2 de setembro de 2020 [Murtadha Al-Sudani/Agência Anadolu]

O Presidente do Iraque Barham Salih revelou ontem (23) que quase US$150 bilhões foram contrabandeados do país desde 2003, ao anunciar um projeto de lei para recuperar os recursos perdidos, segundo informações da agência Anadolu.

“Dados públicos e internacionais estimam que os recursos de petróleo do Iraque desde 2003 aproximam-se de US$1 trilhão”, declarou Salih em discurso televisionado sobre planos de combate à corrupção fiscal e administrativa.

“Tais recursos ilegais seriam suficientes para levar o país a um lugar melhor”, reiterou.

O presidente iraquiano relatou ter submetido um projeto de lei ao parlamento para recuperar os recursos expropriados e responsabilizar os culpados. “A legislação inclui ainda apoio a instituições financeiras e de monitoramento e suas ferramentas”, acrescentou.

“A corrupção frustra a vontade do povo de progredir”, concluiu Salih.

A organização Transparência Internacional classifica o Iraque entre os países mais corruptos do mundo.

LEIA: Iraquianos vão à fronteira com a Jordânia em apoio à Palestina

Categorias
IraqueNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments