Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Desemprego no Marrocos chega a 12,5% no primeiro trimestre de 2021

Funcionários de um restaurante duante o trabalho em Rabat, Marrocos em 14 de dezembro de 2020 [Agência Jalal Morchidi/ Anadolu]
Funcionários de um restaurante duante o trabalho em Rabat, Marrocos em 14 de dezembro de 2020 [Agência Jalal Morchidi/ Anadolu]

A taxa de desemprego no Marrocos aumentou para 12,5 por cento durante o primeiro trimestre de 2021, em comparação com 10,5 por cento durante o mesmo período em 2020.

Em nota divulgada ontem, o Alto Comissariado para o Planejamento do Marrocos – órgão oficial responsável pelas estatísticas – atribuiu o aumento à continuidade das repercussões da pandemia do coronavírus na economia do país.

A comissão disse que o número de desempregados aumentou 242 mil no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, elevando o número de desempregados para 1,5 milhão, ante 1,2 milhão em 2020.

A taxa de desemprego entre as mulheres atingiu 17,5 por cento, enquanto o número de homens desempregados foi estimado em 10,9 por cento. O desemprego entre os graduados universitários é o mais alto, 19,8 por cento.

O desemprego nas áreas urbanas foi registrado em 15,1 por cento, em comparação com 5,3 por cento nas áreas rurais.

A comissão acrescentou que 231.000 oportunidades de emprego foram perdidas no setor agrícola e 48.000 no setor industrial, enquanto o setor de serviços testemunhou a criação de 42.000 novas oportunidades de emprego e 39.000 no setor de construção e obras públicas.

LEIA: Marrocos vai a evento sionista para pressionar Biden sobre Saara Ocidental

Categorias
ÁfricaMarrocosNotícia
Show Comments
Show Comments