Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel constrói mais unidades de assentamento na Cisjordânia

Obras em andamento no assentamento israelense perto da cidade palestina de Ramallah na Cisjordânia ocupada, em 21 de janeiro de 2021 [Ahmad Gharabli/AFP/Getty Images]
Obras em andamento no assentamento israelense perto da cidade palestina de Ramallah na Cisjordânia ocupada, em 21 de janeiro de 2021 [Ahmad Gharabli/AFP/Getty Images]

As autoridades de ocupação israelenses começaram a construir 164 novas unidades de assentamento em Neve Daniel, construído em terras palestinas na cidade de Belém, na Cisjordânia, informou o jornal Al-Ayyam na sexta-feira.

Ao mesmo tempo, os colonos da ocupação israelense cortaram o cano-d’água na cidade de Qaryout, ao sul de Nablus, e atacaram um pastor palestino em Jenin.

Na quinta-feira, as autoridades de ocupação israelenses expulsaram famílias palestinas do vilarejo de Humsa Al-Fouqa, no Vale do Jordão ocupado, sob o pretexto de que o exército israelense realizará exercícios militares usando munição real.

Enquanto isso, as autoridades de ocupação israelenses aprovaram a construção de 60 novas unidades de assentamento no assentamento de Ebi Hanahal, que está sendo construído em terras palestinas em Belém.

Sobre o despejo de Humsa Al-Fouqa, o ativista Aref Daraghmeh alertou que tais medidas precedem o deslocamento total de moradores: “No entanto, essa aldeia foi demolida pela sexta vez nos últimos seis meses”.

As forças de ocupação israelenses também realizaram exercícios militares com munição real em várias áreas ao norte do Vale do Jordão.

Um pastor palestino, Ibrahim Hamdounis, 66, foi espancado por colonos israelenses extremistas a oeste de Jenin.

LEIA: Israel ataca os palestinos para expulsá-los de sua própria terra

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments